quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

A Canção do Imortal

Vi uma explosão
Vi trevas se partirem
Vi a criação
Vi os vivos caírem


Vi a água, vi a vida
Vi o começo do mundo
Acompanhei tudo, querida
Vi o sofrimento profundo


Vi o homem se organizando
Vi anjos se corrompendo
Vi as guerras começando
Vi o inferno ardendo


Vi o Messias crucificado
Vi o mar partido ao meio
Vi o rico exaltado
E o pobre em devaneio


Vi a praga e a peste
A fome e a dor
Sombras no coração agreste
E o fim do amor


Vi inocentes queimados
Em nome do verdadeiro Deus
Vi ciganos torturados
Por supostos pecados seus


Vi a estupros no matagal
Vi incesto, vi pecado
Vi o dilúvio universal
Vi o mal mais dedicado


Vi o homem sucumbir
Vi a sociedade desabar
Vi a honestidade sumir
Vi a morte se aproximar


Vi nações ferozes
Que atacaram derrotados
Lançando bombas atrozes
Matando um país de condenados


Vi guerra sem motivos
Pobres entregues à sorte
Vi chegar entre os vivos
A infame semente da morte


Vi guerreiros honrados
de uma raça oportunista
Sucumbirem aos pecados
De uma sociedade finalista


Vi o bens intangíveis
Vendidos á quem se retira
Vi cenas inesquecíveis
De desigualdade e mentira


Vi Cruzadas acontecerem
Vi Sangue oferecido
Ví demônios aparecerem
Vi o católico corrompido


Vi rituais profanos
Que entregaram o homem
Que como tudo é passageiro
Chegam, lutam e somem


Vi o homem sucumbir
Com suas nações profanas
Vi o mundo sumir
Nas garras insaciáveis humanas


Ó, Deus, tenha piedade
Peço do fundo do coração
Pois essa humanidade
Não mais merece perdão


Peço piedade para mim, Senhor
Pois depois de tudo que vi
Vi a beleza do mundo depor
E desse mundo sujo sumi

5 comentários:

karina_tdias disse...

Gostei demais! Adoro tudo o que vc escreve. É incrível o modo que vc coloca sentimentos nas histórias! Uma pena que eu não tenha nascido com esse dom X.X'
Vc não me considera, mas eu sou sua fã u.u'

thaay disse...

mais alguma coisa que você viu? QQQ
foda ein :D

Hayleen disse...

Eu já tinha lido isso antes. 5 estrelas douradas no Nyah Fanfiction, né?

Parabéns, de verdade! Primeira poesia do Blog arrasando!

O Mestre Walla disse...

Parabéns. Você tem talento.

Elis Lima disse...

Acho que essa é a coisa mais "light" no seu blog... no entanto, não sei quantas vezes li as palavras "morte","sangue","dor". Adoro seus contos!

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More